Loading...

Quem sou eu

Minha foto
Não pensem que criei este blog na intenção de te comover,criei pra poder escrever minhas poesias,mostrar um pouco do que sou e tbém compartilhar experiências,por isto seus comentários são importantes...ahhh tem mais aqui vou postar coisas engraçadas de meu tratamento para que caia esta imagem monstro de quimioterapia,pq nem sempre cai cabelo,nem sempre se passa mal,nem sempre se tem dias contados e principalmente que o preconceito desabe e que as pessoas comecem encarar o câncer como uma doença séria mas nada incomum,tbém para que parem de visualizar uma pessoa portadora do câncer como fase terminal ou cadavérica e talzzzzzz,vou postar meu dia a dia e isto quer dizer que ainda terão capitulos adicionas em COMO TUDO COMEÇOU....aff ki parece novela né???? mas não é mesmo....só que agora preciso fazer outras coisas,por exemplo:cuidar de minha colheita feliz para que minhas plantinhas vivam e muito assim como eu ..rsrs.

terça-feira, 9 de março de 2010

Assim deve ser.



Serra Do Luar
Leila Pinheiro
Composição: Walter Franco

Amor, vim te buscar
Em pensamento
Cheguei agora no vento
Amor, não chora de sofrimento
Cheguei agora no vento
Eu só voltei prá te contar
Viajei...Fui prá Serra do Luar
Eu mergulhei...Ah!!!Eu quis voar
Agora vem, vem prá terra descansar

Viver é afinar o instrumento
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro

Amor, vim te buscar
Em pensamento
Cheguei agora no vento
Amor, não chora de sofrimento
Cheguei agora no vento
Eu só voltei prá te contar
Viajei...Fui prá Serra do Luar
Eu mergulhei...Ah!!!Eu quis voar
Agora vem, vem prá terra descançar

Viver é afinar o instrumento (de dentro)
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro

Tudo é uma questão de manter
A mente quieta
A espinha ereta
E o coração tranquilo
Tudo é uma questão de manter
A mente quieta
A espinha ereta
E o coração tranquilo
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro

3 comentários:

  1. Afffff ki amo demais.......oh mô Deusssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. "o fardo pesado que levas. Desagua na força que tens."

    Amo você, pedacinho do céu!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Só existe uma pessoa neste universo que me chama de pedacinho do céu...

    tbém amo vc lindeza.

    ResponderExcluir