Loading...

Quem sou eu

Minha foto
Não pensem que criei este blog na intenção de te comover,criei pra poder escrever minhas poesias,mostrar um pouco do que sou e tbém compartilhar experiências,por isto seus comentários são importantes...ahhh tem mais aqui vou postar coisas engraçadas de meu tratamento para que caia esta imagem monstro de quimioterapia,pq nem sempre cai cabelo,nem sempre se passa mal,nem sempre se tem dias contados e principalmente que o preconceito desabe e que as pessoas comecem encarar o câncer como uma doença séria mas nada incomum,tbém para que parem de visualizar uma pessoa portadora do câncer como fase terminal ou cadavérica e talzzzzzz,vou postar meu dia a dia e isto quer dizer que ainda terão capitulos adicionas em COMO TUDO COMEÇOU....aff ki parece novela né???? mas não é mesmo....só que agora preciso fazer outras coisas,por exemplo:cuidar de minha colheita feliz para que minhas plantinhas vivam e muito assim como eu ..rsrs.

terça-feira, 10 de abril de 2012

A Benção e a beleza de viver.


É preciso correr riscos. Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.

Todos os dias Deus nos dá – junto com o sol – um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. Todos os dias procuramos fingir que não percebemos este momento, que ele não existe, que hoje é igual à ontem – e será igual à amanhã.

Mas, quem presta atenção ao seu dia, descobre o instante mágico.

Ele pode estar escondido na hora em que enfiamos a chave na porta pela manhã, no instante de silêncio logo após o jantar, nas mil e uma coisas que nos parecem iguais. Este momento existe – um momento em que toda a força das estrelas passa por nós, e nos permite fazer milagres.

A felicidade às vezes é uma bênção – mas geralmente é uma conquista.

O instante mágico do dia nos ajuda a mudar, nos faz ir em busca de nossos sonhos.

Vamos sofrer, vamos ter momentos difíceis, vamos enfrentar muitas desilusões – mas tudo é passageiro, e não deixa marcas. E, no futuro, podemos olhar para trás com orgulho e fé.

Pobre de quem teve medo de correr os riscos. Porque este talvez não se decepcione nunca, nem tenha desilusões, nem sofra como aqueles que têm um sonho a seguir. Mas quando olhar para trás – porque sempre olhamos para trás – vai escutar seu coração dizendo: “o que fizeste com os milagres que Deus semeou por teus dias? O que fizeste com os talentos que teu Mestre te confiou? Enterraste fundo em uma cova, porque tinhas medo de perdê-los. Então, esta é a tua herança: a certeza de que desperdiçaste tua vida”.

Pobre de quem escuta estas palavras. Porque então acreditará em milagres, mas os instantes mágicos da vida já terão passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário